Quem você seria…?

Decidi que vou colocar aqui os meus textos… ou os da Doutora Ravidinha.. Enjoy!

_______________________________________

 

A menina chega da escola, cabisbaixa.

A mulher olha aquela figurinha, indagando o que aconteceu:

– Hoje me deixaram triste, me chamaram de falsa, falaram que eu estou sempre feliz, sorrindo e brincando e que não existe ninguém assim. Que a vida não é assim. Então deram risada de mim e me deixaram sozinha.

A mulher deu um sorriso de canto, suspirou profundamente…

Ela sabia que isso aconteceria um dia: naquele momento, aquele coraçãozinho precisava de colo, mas também de um choque de realidade:

– Vc fica feliz quando está de castigo ou quando é contrariada? Ou então quando algo te desconforta? O que vc faz?        menina-brava

A menina fez bico. Cruzou os braços

Ela estava ali, triste e aquela mulher querendo falar de coisas que a desagradavam mais.

– Fico triste, mas isso passa. Não gosto dessa sensação, faço passar rápido.

– Pois bem! Com o tempo vc vai aprender que algumas pessoas prestam muita atenção em tudo o que fazemos. Muitas vezes não é por maldade. Vc vai aprender que a felicidade não é fácil de ser alcançada; não são todas as pessoas que sabem lidar com essa dificuldade, pois requer saber lidar com algumas palavrinhas difíceis como: ego, posse, simplicidade e amor. E a maioria das pessoas confundem essas palavras. Algumas, inclusive, envelhecem confusas. Por isso, talvez, algumas delas te critiquem ou se afastam.

 

A menina perdeu o brilho no olhar…. Era como se tivessem tirado dela o pirulito mais gostoso de todo esse mundo..

– Mas então quer dizer que eu estou errada em ser assim? Então preciso fingir de vez em quando que estou triste?Afinal, se eu fingir, meus colegas gostarão de mim e podemos rir juntos! Eu não quero ficar sozinha…

Nessa hora, a mulher olhava com carinho para aquela criança… Amadurecer e enfrentar esse mundão não era lá tarefa fácil..

– Vamos pensar da seguinte forma: se você fingisse ser quem não é, ter uma tristeza que não existisse, quem você seria? Como vc ficaria?

A criança quase deu a resposta prontamente, mas ficou em silêncio por alguns momentos… A mulher aproveitou para ajudá-la:

– Lembra quando o seu primo jogava água em vc? Lembra como vc ficava brava?

…. A carranquice foi embora:

– Lembro, mas hoje eu acho divertido. Gosto de ver como ele se diverte!

– Então. É mais ou menos como os seus colegas. Isso vai acontecer com eles e com tantas outras pessoas que cruzarem seu caminho. Vc vai ficar sozinha sim algumas vezes e pode ser que isso doa um pouco. Mas vai chegar um dia que outras

mae_e_filhapessoas cruzarão seu caminho.

E essas pessoas gostarão exatamente disso: de jogar água e dar risada, de compartilhar com vc. E caso isso não aconteça, se satisfaça com o fato de que sua vida não passou à toa. De que ela foi    plena, verdadeira e digna.

A menina olhava para aquela mulher com um brilho nos olhos.. Mas embargou um pouco a voz ao perguntar:

– E se eu ficar sozinha pra sempre….?

A mulher riu sabendo que essa pergunta viria… Fitou por um momento aquela criança que, de repente, parecia tão frágil e desprotegida… Mal sabia a mulher determinada, forte e guerreira que ela se transformaria..

Abraçou aquele corpinho e simplesmente lhe balbuciou ao pé do ouvido:

 

– Eu estarei com vc sempre… Seremos felizes juntas. E, caso uma de nós fique triste, a outra faz uma careta para que lembremos que ser feliz é muito mais legal.e assim elas ficaram…. Taty mulher e Taty criança.Abraçadas e felizes.. Não dando a mínima para o restante do mundo.. E assim elas foram embora…

Categorias:Uncategorized

O desapego de se apegar

406984_10151401080341451_1616632078_n

15128_509524972437296_803779700_nDifícil escrever quando a cabeça tem tanta coisa circulando…

Desde que saí de casa, aprendí muita coisa. E sei que isso não é nem um terço do que preciso aprender (ainda bem!). A primeira dificuldade foi lidar com pessoas diferentes. Achei que não tivesse dificuldade com isso, até ter que dividir o teto.

Lidar com pessoas diferentes, nas suas qualidades, é muito fácil. Mas aceitar seus defeitos e ficar bem com isso…. é muito difícil!!

Cada um de um jeito, com suas crenças, valores, manias… Atitudes que, não são certas ou erradas, mas faz parte de cada um. É engraçado a forma como isso vem como entendimento e aceitação. E, pouco a pouco, você se apega e integra.

Foi o que aconteceu comigo. Criei um vínculo particular com cada um que mora comigo, uma família de verdade. Logo eu que acredito tanto que o terreno familiar é sagrado e impenetrável, abri o coração de uma forma sincera e permiti que cada um entrasse e tomasse a sua cadeira cativa. A espera para o jantar, o cuidado ao saber o limite de cada um…. o carinho para com o todo.

72894_509524229104037_909776435_n

Logo eu, que tinha prometido à mim mesma tomar mais cuidado com as pessoas, não me apegar tanto, não confiar… Lá estava a pequenininha de peito parcialmente aberto, compartilhando coisas boas… E não tão boas também.  Drunk Warriors

“Para não dizer que só falei das flores”… Quem disse que não tivemos que lidar com coisas ruins? Aprendi a praticar o desapego com coisas fundamentais: organização, silêncio, limpeza e “otras cositas más”… Mas para que lembrar de coisas ruins, enquanto temos tantas boas para guardar?

Conheci comidas, músicas, cultura…. uma riqueza de detalhes!

Lá estava eu novamente com o tal do apego. E quando eu me acostumei a conjugar esse verbo com vocês, simplesmente começam as despedidas. Todos sabíamos que isso aconteceria… Mas esqueceram de nos ensinar como lidar com ele! Filmes passam na cabeça e nossos dias são recheados com lembranças e coisas boas, risadas… e muito choro!

De repente, cai a ficha de que sabemos muito de nós mesmos e dos outros, olha que sacada gostosa!

O tal do desapegar…. Como se conjuga isso? Tem no Google? E tem.

Verbo desapegar… Presente do Indicativo: Eu desapego. Quem inventou isso era um eremita, só pode. Prefiro o futuro do pretérito: eu desapegaria. Aham. Infelizmente sou movida por emoções e sentimentos e não é tão simples assim… rs

E até isso estamos fazendo juntos. Concordando ou não, querendo ou não… Lá estamos nós, conjugando o maldito verbo na 3a pessoa do plural.

581756_524038870985906_384956276_n  Cada vez que eu fizer um brinde, a palavra “saudade” vai sair automaticamente ao invés de saúde. Vou estranhar acordar sozinha de manhã sem que alguém tenha entrado no meu quarto para dizer boa noite… Ou então sair de casa para trabalhar sem esbarrar com vocês chegando para dizer “bom trabalho” da forma mais torta que eu já vi….. Enfim, como disse, de repente a gente percebe que o tempo foi curto para tanta coisa!

Intensidade… Aí está uma palavra da qual sou muito adepta! E mesmo com tão pouco tempo, tudo foi intenso.  1045136_10151492445211451_1080577184_n

Fica fácil deixar o coração falar pelas mãos, mas é difícil quando a beleza e o significado não encontram a palavra certa. Talvez demore para encontrar-nos de novo…. Ou não! O Ser Humano tem essa coisa terrena de se limitar. Espero de coração que não sejamos limitados. Que a cada ano o encontro dê certo.

E…. se não der… Valeu. Cada segundo.

“…Não tem mais jeito.. Acabou, boa sorte! Não tenho o que dizer; são só palavras e e o que eu sinto não mudará…”

Um beijo no coração de cada um.

941732_10151444032781451_1121251372_n

1017220_10152917480785136_1269960638_n

P.S.: Para que não esqueçam alguns jargões:

“possopossopossoposso?”

“Really? again???”

“Quem quebrou o (a)….?”

“Saudade”

“Mentiiiiraaa”

“como se fala……”

“Nespo?”

“Olha só! Olha só!”

e tantos outros…….

Categorias:Mundo social

De Geração Coca-Cola a Hobbes… Passando por Orwell!

 

Ato

#Vemprarua #obrasilacordou

E foi assim que a ideía para esse post era formada. Sempre odiei política e História. Na escola eu ía mal nessa matéria e há alguns anos eu simplesmente decidir  não votar mais  e não trabalhar nas eleições.

Por um  simples fato: escutava as histórias da História do mundo e ficava abismada com os absurdos, a que ponto as pessoas chegavam por ganância e poder. Tinha nojo (ainda tenho!) da nossa política escancaradamente mentirosa e absurda. Prefiro mil vezes pagar multa de 3 reais, já com a certeza de que esse dinheiro terá um destino “ilícito” ao invés de confiar o meu voto a alguém que lá na frente vai fazer com que eu me sinta idiota… de novo.

Foi caindo de páraquedas na primeira manifestação (eu estava indo ao encontro de amigas para um brunch) que eu presenciei a violência na sua pior forma: a moral e física. Uma garota oferecendo uma rosa à um policial que, de troca, deu uma cacetada. Uma professora sendo detida por nada.

A partir daí, abracei a causa. Na verdade, nem posso dizer que abracei. Sempre fui idealista, sempre acreditei no melhor do Ser Humano e em um mundo sim melhor. E de repente (“não mais que de repente”…rs) eu tinha inúmeras pessoas querendo o mesmo que eu… e dispostas à isso!!! Foi como se uma espera acabasse. Como se eu pudesse gritar de forma silenciosa para todas as pessoas que me chamavam de Alice. Tínhamos novamente a Geração Coca-Cola: os filhos da Revolução juntos, de novo, por uma causa nobre. Aquilo era a fagulhinha de que, finalmente, tudo se encaixaria.

Abracei com a alma! Acompanhei movimentações em mídias sociais, me interei do que há muito não lia sequer um parágrafo. E caiu a ficha: Amo história e política! Só que elas me machucavam tanto que a melhor defesa era não saber ou discorrer sobre. Estupidez a minha. Como posso defender algo se não sei a respeito? Não sei suas fraquezas e forças? Seu passado? E assim eu fui para o 2ºAto. E repito: Somente quem foi, sabe como foi. Me emocionei diversas vezes, ao ponto de me pegar parada, com cara de imbecil, olhando aquele mar de gente gritando com o pulmão no limite e pensando: “Vale a pena!! Agora vai!!”

Mas do nada, a coisa saiu de controle. Insisti em ir nos próximos Atos, como que “auto provando” que estava enganada, que o mundo estava enganado. Fui em todos…. Até o 7º, onde brochei por completo. Pessoas que não sabiam porque estavam indo. Algumas íam porque “é a febre do momento”, outros porque encaram como um happy hourzinho… Enfim, já que estávamos fazendo história, porque não participar? Bullshit.

O mundo desabando… Apartidários, Antipartidários….. Hoje penso que “os líderes” do MPL nada mais eram que Petistas lobos em pele de cordeiros. Coloco líderes entre aspas, porque não há líderes!! Na rede social do facebook, uma carência nítida de pessoas que sentem a necessidade de serem guiadas! A necessidade de entender pelo que estão brigando! Pessoas incapazes de bater no peito e colocar para fora o que está engasgado sem que alguém ordene que seja feito. Uma dificuldade gigante de comunicação, no maior meio de comunicação que existe!!! rs rs

E enqüanto isso, silêncio de quem mais deveria se manifestar.

Foi então que passou um filminho na minha cabeça: “A revolução dos bichos” de George Orwell. Para quem não assistiu, eu super recomendo! Tive a oportunidade de assistir quando a minha mãe era professora de OSPB, matéria hoje extinta (infelizmente). A analogia com o filme é perfeita: Esquerda e Direita. Comunismo, Ditadura, Ignorância, burrice, descontrole.

“Todos os animais são iguais, mas uns são mais iguais que os outros.”

“Guerra é paz, liberdade é escravidão. Ignorância é força.”

E então eis que perdí um pouco a vontade. O pulso ainda pulsa. Mas daquele jeito mais ou menos. Aí nossa presidenta sai do estado de vaca amarela e resolve falar. Com o perdão da palavra: e fala merda.

Antes que vc balbucie algo: Óbvio que ela “apoiaria” os manifestantes pacíficos. Com o passado dela, não poderia fazer diferente. Agora… limitações econômicas?? Oi?? Quanto foi gasto mesmo com a Copa?? Segue abaixo o vídeo feito de forma excelente sobre a Copa e afins, pela Carla Dauden. Algumas pessoas já viram e acho que todo mundo deveria ver e rever e rever…

http://www.youtube.com/watch?v=ZApBgNQgKPU

Nossa presidente pede algo pacífico e eu sou totalmente contra a violência, mas confesso que cheguei a pensar se não seria diferente caso o vandalismo existisse. Se formos pensar de forma “racional”, aquele ônibus queimado fomos nós que pagamos. A prefeitura tem o nosso dinheiro em cada tijolo erguido. As grandes revoluções foram marcadas com sangue derramado e tiveram resultado. Mas definitivamente não é um mundo que quero para mim.

Vamos às propostas:

1º – Plano Nacional de Mobilidade – ok, vamos aguardar. De novo, esse não era para estar pronto para a Copa das Confederações? Há algo novo?

2º – 100% do Petróleo para a educação – Isso poderia ter acontecido antes, mas aguardemos tb.

3º – Trazer médicos do exterior – Oi????? Qual o problema com os nossos médicos? Ela reduziu a nossa classe médica à nada? É isso mesmo produção? Ela reclama de dinheiro, faz um discurso patriota e vai investir no exterior? O problema não está nos nossos médicos, mas sim no Sistema de Saúde Pública!!! Aliás, desculpem a falha, em TODO o sistema de saúde!! Tenho muitos amigos médicos e inclusive parentes. o que não falta é médico!! O que falta minha cara, são condições para que eles possam trabalhar! Para que eles possam valorizar o diploma que suaram para conseguir! Os nossos médicos trabalham no limite, precisando se vigiar e fazer um diagnóstico muitas vezes tosco porque não lhes é permitido solicitar exames para investigar a causa! Esse é o problema!! 970175_648391535189176_907125895_n

4º – Vai receber os líderes dos movimentos, sindicatos……. Essa eu nem vou me atrever a falar nada. A não ser na “coincidência” de, um grupo no facebook combinar de irem de camiseta vermelha no protesto para representarem o PT. Haviam muitas pessoas de camisetas vermelhas. Inclusive, de camiseta vermelha com o nome do movimento no peito. Minha cabeça pensou buzilhões de coisas… e nenhuma benéfica. Mas porque será que ela se dispôs a recebê-los não?

E por último, e não menos importante: “Recebam bem os estrangeiros!!” Pão e Circo! Vamos tapar o sol com a peneira!! Voltem a ser meus fantoches que está tudo certo. E é assim que eu termino. Com um sentimento totalmente Hobbiano, de que, no momento, não sei no que tudo isso vai dar. Mas tendencio fortemente a achar que o Brasil voltará a beber vinho no cálice do poder absoluto.

Espero muito estar errada. Quem vc quer ser no final? Porco ou Homem?

Em tempo, dei uma uma entrevista para Jon Watts, do jornal The Guardian. Aconselho e recomendo as colunas dele. Segue o link para a entrevista e tb sua coluna:

http://m.guardian.co.uk/world/2013/jun/18/brazil-protests-authorities-back-foot

Calcinha, batom, salto alto.. E uma cerveja para comemorar!

Ano passado eu já escrevi sobre o dia das mulheres e esse ano não tinha a motivação necessária para escrever.. Até entrar no facebook para dar o meu bom dia usual e pimba!!
Eis que surge! rs

 

 

Inúmeras mensagens para o nosso dia!! De forma positiva e negativa!  gil-elvgren-pin-up-pin-up-girls-5444093-668-792
Sim, porque de acordo com algumas pessoas, não temos o que comemorar: o índice de violência para com as mulheres é enorme, igualdade sexual inexistente… blá blá blá.

Dessa vez não vou falar sobre queimar sutiã em praça pública, nem que o dia 8 de março começou em 1917 para marcar conquistas femininas sociais.
Nada de pão e circo.

Mas assim…. De coisa ruim o mundo já tem bastante não acha?
Já pararam para assistir QUALQUER jornal na televisão? Não existe notícia boa! Porque é de desgraça que a humanidade vive!

E esse bichinho é tão viciante que a gente não percebe que acabamos deixando isso entrar em nossa rotina.

Claro que a intenção aqui não é dar uma de Alice in the Wonderland (e olha que eu sou super adepta!! rs), mas que tal sorrirmos mais? A Kraft e a Brastemp que estão certas com as suas campanhas publicitárias!!

 

 

Men-Pin-Up-Poses-1-590x885 Quem aqui lembra do Valentines Day? Sim, o feriado não é aqui!

E  DAÍ?? Quer coisa mais gostosa do que falta de motivo para fazer  um dia ser diferente?
Foi tão gostoso ver casais declarando o seu amor de diversas formas! A cidade acabou ficando rosa e leve.

É a mesma coisa com o dia de hoje.
Motivos para nos sentirmos leves não podem faltar! Seja você mulher, homem, criança e blá blá blá whiskas sachê!

Palavras de reconhecimento e carícias são válidas 24 horas, 365 dias por ano.

Comecem a reclamar quando isso não existir mais! Aí sim é sinal de que a coisa está feia. Eu gosto dessa coisa do brasileiro: o acreditar, o lúdico, o insistir que dá.

 

 

Portanto…. Que o seu dia seja colorido e mais leve de qualquer jeito!
Seja porque vc é homem e tem as mulheres da sua vida para lembrá-las do quanto elas sãoeizo-pinup-calendar_2-500x351 importantes…. Seja porque vc é mulher e tem a oportunidade de dividir os paparicos que ganhou com quem é importante para vc!

Posso garantir que o dia de todos será um pouquinho diferente e, sinceramente, é disso que precisamos hoje em dia: alegria de graça, sem motivos!

Então, parem de mimimi e bora ser feliz, seus reclamões!!!

Categorias:Mundo social

O mais novo último ano….

….. e chegou o dia 21 de Dezembro de 2012.

Assim como 1999…. o mundo não acabou!

E cá estamos nós entrando em 2013. E, mais uma vez, estamos entrando em um novo ano. Com novos desejos, com velhos anseios e acreditando que tudo será diferente!

Já percebeu como temos esse “dom” do verbo acreditar?

Passamos por provas, desgostos, decepções… Mas quando o ano novo está chegando, tudo muda!!! É quando todos revêem promessas, agradecem as conquistas e desejam mais!!!

Quem me conhece sabe o quanto eu acredito em energia… Queria muito ter o poder de “quantificar” e “enxergar” a energia do mundo nessa época!

Deve ser a coisa mais linda do Universo! Acho que até o mais cético dos céticos deve, mesmo que em pensamento, ter aquele sentimentozinho de “vai ser diferente!”

É isso aí. Não existe coisa mais bonita do que o acreditar! Saber que vc passou por poucas e boas, mas que dali pra frente, tudo pode ser diferente!

Muita coisa depende da gente… Mas muita ajuda pode vir do Universo sim!

Portanto…. Se vc vai para a praia, se vai pra montanha… Até pra vc que não vai pra lugar nenhum! Um pouquinho antes da meia noite, feche em vc mesmo, se permita um momento refletir em tudo o que deseja para o ano que está por vir… E que seus braços abram ao máximo e suas narinas tb, anseiando sugar (sugar mesmo!!!) e abraçar todas as energias boas que esse mundão estará emanando!!! Todos os meus melhores desejos para vc!

E, como sempre, cuidado com o que deseja viu?

O Universo estará (como sempre também!) ouvindo e o mundo todo estará em comunhão ajudando!

Um feliz ano novo… e que 2013 seja para você e para mim como foi 2012: Rico de tombos, aprendizados, desejos realizados, autoconhecimento e muito feliz!!

 

Categorias:Uncategorized

..:: Querido Papai Noel ::..

1292641017215_f  Querido Papai Noel…

Muito em cima da hora, eu sei. mas como sei que o senhor se modernizou e agora tem internet, não me preocupei em enviar cartas…

Antes de redigir esse texto, fiz uma reflexão sobre esse ano que passou.

O meu espírito Grinch continua aqui, mas eu continuo querendo agradecer… Diria novamente que esse ano foi um de colheita e auto conhecimento.

Nesse ano, ganhei coisas que ano passado eu julgava impossíveis. Ganhei de volta um pijama cirúrgico e um nariz vermelho. Diga para o Rudolf não se preocupar, não tem nada a ver com o dele!! Rs rs rs

Esse ano também, acho que aquele amadurecimento que o senhor me deu no ano passado anda um pouco “travado” às vezes…

Caso ainda tenha em estoque, poderia me enviar um pouco de discernimento e paciência? Ultimamente eu não sei onde eles têm ficado…

Mas olha… Tem um presente que ainda não sei se foi o senhor que enviou. Um dia, quando eu menos esperava, ganhei um pirata de presente. Parece nome de filme não? A palhaça e o pirata!! hauahuahua

Caso isso tenha sido arte sua, por favor, me avise! Ainda estou na dúvida… Mas por enqüanto, agradeço o presente!!

=o]

Por enqüanto também Senhor Nicolau, eu não teria a pachorra de reclamar ou pedir mais… Tenho que assumir que o presente ganho no ano passado me ajuda muito!!!

A única coisa que acho que preciso mesmo são aqueles dois itenzinhos mesmo… O resto eu tiro de letra!!

Tenho utilizado com freqüência aquele espelho que o senhor me deu no ano retrasado.. Confesso que esse ano usei bastante!! Às vezes não gosto muito do que vejo, mas não é na maioria das vezes, ainda bem!!

Então é isso… Um feliz Natal para o senhor e, somente para variar, muito obrigada viu!!!

Achei a cartinha do ano passado… Olha só…

http://www.fotolog.com/little0girl/92782912/#profile_start

Beijos…

Taty Cardoso

Categorias:Uncategorized

Impermeabilidade Sentimental

Como em um sussurro ela veio… Estamos na tal “Era da Impermeabilidade Sentimental”.

O sentimento atualmente vive como nômade; caminhando de um lado para outro, na busca insaciável de um terreno seguro e tranqüilo para ficar….

E exatamente por isso a vida dos sentimentos hoje em dia é de pura peregrinação. As pessoas negam sentimentos e eu não consigo entender o porquê. E sempre pode piorar: A impermeabilidade sentimental pode se estender ao Social.

Pois é. Foucault, Freud, Nietzche, Platão….. vcs explicam? Bom, Bukowski explica muito bem!! hahahahaha

A idéia aqui não é a utopia. E também não é somente expressar “a amargura” de quem escreve.
Não não, a coisa é muito mais simples do que possa parecer. Hoje quando entrei no elevador, um cidadão em trajes esportivos com fones ao ouvido, mexia compulsivamente em seu celular.

O “bom dia” morreu na boca semi aberta.

Ele não levantou a cabeça, não sorriu, não me mandou pastar… Nada! Era como se eu conseguisse sentir totalmente o desconforto do rapaz em ter que dividir o espaço com mais alguém que não fosse o celular ou o ipod..

No trajeto do elevador até a rua existiam mais duas portas. Fiz questão de segurar todas para o cidadão passar e testar o seu comportamento… Olhares para o celular, fone no ouvido.. Falha total, a tal da impermeabilidade já havia pegado (ou pêgo, tanto faz! rs) o moço.

Conheço uma pessoa também (sem nomes, o blog é público mas vamos manter a pouca privacidade que o mundo nos oferece hoje em dia…) que ultimamente têm falado que, quando vai para casa, não se sente em casa!! As pessoas não conversam com ela, ignorando totalmente a sua existência.

Acho isso triste…. bem triste na verdade. Acho que as pessoas estão cada vez mais egoístas. Mas essa tristeza apareceu com prazo de validade sabe?

Meus sentimentos são peregrinos também…. E estou doutrinando os mesmos para que deixem rastros por onde passam.

E se não deixar rastros fortes…. Só alguns momentos de risada e carinho verdadeiros já valeram a pena!! Que tal tentar? A arte de multiplicar os bons encontros!! Sem pretensão alguma e sem objetivo complexo: somente sair de casa com a missão de se ter bons encontros durante o dia!!

 

 

Vamos tentar uma peregrinação longa e sem fim….. E transformar essa impermeabilidade em pura fusão sentimental!!

Bem vindos à mais nova era….. Conto muito com vocês!! Mas caso não possa contar, espero que eu passe pelo seu caminho….

 

 

Categorias:Mundo social